Aplicativos não são nenhuma novidade no dia-a-dia de todos nós, não é mesmo? Atualmente tem aplicativo para todos os gostos e necessidades: para pedir aquela pizza com os amigos, consultar o valor da fatura do celular, o saldo do banco, para assistir sua série favorita e tantas outras possibilidades.

Com isso, há consequentemente um significativo aumento no tempo gasto no uso desses “utilitários”. Hoje, nos Estados Unidos, por exemplo, um adulto médio passa 2 horas e 25 minutos por dia em apps, representando um acréscimo de 10,3% em relação ao ano passado. O brasileiro por sua vez gasta mais de 3 horas e meia por dia em seu dispositivo móvel.

Os aplicativos já estão presentes em quase todas as etapas do cotidiano, sem distinção de classe social. E se você acha que os aplicativos são recursos apenas para as grandes marcas você está completamente enganado. Cada vez mais as pequenas e médias empresas estão seguindo essa tendência, pois entenderam que a forma de se comunicar com seus clientes mudou drasticamente nos últimos anos.

Algumas delas já possuem aplicativos próprios para interagir com seus clientes e até mesmo com fornecedores ou colaboradores. Tendência essa que veio para ficar nos mais diversos setores de negócio, seja em serviços, comércio ou indústria.

Pensando agora no lado mais “técnico” da coisa, um aplicativo deve ser idealizado, pensado, desenvolvido, de forma que a experiência dos seus usuários seja a melhor possível, com uma navegação simples e intuitiva.

Segundo o portal Estúdio Folha da Folha de SP, algumas características importantes para um bom app de serviços são:

  • Agilidade
    Usuários abandonam aplicativos que demoram para abrir ou para executar as suas funções. Apps ágeis facilitam o dia a dia do usuário.
  • Organização
    É preciso que haja priorização das funções, com as de maior demanda em destaque. Quando organizado, o app se torna mais inclusivo.
  • Peso
    Ainda que os aparelhos estejam ganhando mais memória, ninguém quer ler a mensagem “armazenamento quase cheio”. Leveza é a chave.
  • Simplicidade
    O app precisa ser, na medida do possível, autoexplicativo e intuitivo. É melhor ser mais simples do que excludente e complexo.
  • Beleza
    É possível e desejável aliar funcionalidade a um belo design. Mesmo que simples, o app, quando atraente, se torna mais user-friendly.

E se você acha que sua empresa ainda deve pensar mais para ter um aplicativo personalizado, veja abaixo algumas razões para te convencer do contrário:

    • Seja visível a todo momento
      Um ícone de aplicativo bem projetado fixa mais na mente de quem o vê
    • Crie um canal de comunicação direto
      Informações importantes para o seu cliente e até mesmo para seus fornecedores e colaboradores podem ser acessadas ao toque de um dedo
    • Fornecer valor aos clientes
      Faça com que ele perceba que ganhará mais contribuindo mais
    • Construir marca e reconhecimento
      Um app bem desenvolvido engaja seu cliente e fortalece e gera reconhecimento da sua marca
    • Melhorar o envolvimento com o cliente
      Disponibilize outras formas de comunicação com o seu cliente, como mensagens dentro do seu app
    • Saia na frente
      Seja o primeiro em oferecer um app para os seus clientes, fornecedores ou colaboradores.
    • Cultive a lealdade do cliente
      Seus clientes a apenas um dedo de distância de conversar com você

Convencido? Temos a certeza que sim! Que tal darmos os primeiros passos para desenvolver um aplicativo totalmente personalizado para a sua empresa?

A Aptus tem uma área especializada em desenvolver aplicativos personalizados para a sua empresa de forma descomplicada, onde você participa do começo ao fim do processo, e tem um preço para lá de acessível. Quer saber mais? Entre em contato conosco! Estamos te aguardando!

Marcelo Silva
Coordenador de Marketing na Aptus
Especialista em Marketing & Relacionamento Corporativo

 

Leave a Reply